Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Equilíbrio, onde andas?

por Lulu, em 15.11.13

 

Já falei brevemente dos meus problemas com o peso mas e quando situações simples e pontuais de controlo de peso passam a doença?

 

Hoje no programa ''Dr. Phil'' falava se de anorexia e bulimia.

Um dos casos relatados era sobre uma jovem com os seus 18/19 anos, pelo o que entendi, que pesava apenas 36kg e a sua altura era de 1,69 cm.

Uma coisa que me chocou é que algum tempo antes deste estado de decadência a jovem media cerca 1,73 cm, ou seja, com o decorrer da doença até diminuiu alguns centímetros.

E para não bastar a doença de anorexia e bulimia tinha a agravante que a mãe via se obrigada a comprar marijuana e bebidas alcoólicas para a filha, que segundo sei e corrijam me se estiver enganada, nos EUA a idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas é de 21 anos.

A jovem tinha tremores frequentes, sentia se fraca e sem apetite e com a ''ajuda'' da marijuana lá conseguia empurrar qualquer coisa para dentro do organismo, já a cerveja servia para saciar a sensação de fome que sentia frequentemente.

Contava calorias em diários alimentares, ingerindo cerca de 150/200 calorias por dias, que por vezes acabava por vomitar.

Ela confessou que inúmeras vezes guardava os sacos do lixo, cheios do seu próprio vomito, por baixo da cama por semanas.

 

      Eu pergunto me se isto tem dignidade, tem alguma beleza ou até mesmo é motivo de orgulho.

Pasmada fiquei eu, quando o Dr. Phil, afirmou que existe sites pró-anorexia.

Isso mesmo, sites que promovem, bem dizem, vangloriam comportamentos anoréxicos.

Ao que parece a doença da anorexia é motivo para algumas pessoas maldosas, adjectivo dado por uma convida que já sofrera de anorexia, fundarem um ''clube'' com direito a ''mandamentos''

E concordo, ninguém que sofre de uma doença gosta de a promover e que outra pessoa, próxima ou não, sofra do mesmo.

 

     Vejamos, a vida não pode ser de extremos, tem que haver um equilíbrio emocional, físico e comportamental.

Não sou defensora da anorexia, bulimia nem tão pouco da obesidade porem temos que olha para dentro de nós e estabelecer limites equilibrados para aquilo que faremos da nossa vida.

De nada adianta passar fome só para ter um corpo ''bonito'' que nos é imposto devido á opressão dos média tal como não é saudável comer tudo o que nos aparece á frente ao ponto de prejudicar a nossa saúde só para não ter que sacrificar a nossa boca.

 

 

Nem tudo é uma questão de estética...

 



Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:27

Ossos largos VS Balança

por Lulu, em 30.08.13

Desde cedo lutei contra os estigmas , os estereótipos , e até mesmo ás humilhações exercidas por pessoas frustradas, devido ao meu peso!

Posso dizer que geralmente não me importava de ser mais ''gordinha'' a não ser na altura de escolher as roupas da moda! Naquela altura, as jeans quanto mais descaídas melhor, as blusas justinhas estavam''in'' e formas que de nada favoreciam as meninas com curvas, eram um must.

Fazer compras no grupo ''inditex'' era impossível para mim, e sempre que precisava de umas calças via os números a subir em flecha ,o que acabou por gerar em mim uma imagem distorcida de mim. Se estava gordinha, sim tinha alguns quilinhos a mais, mas o processo de emagrecer ou a vontade em querer ser mais ''saudável'' deve ser tomada por autonomia própria e nunca por imposição social.

Com adolescência passada e ao entrar para a fase adulta e o stress do trabalho, o meu corpo transformou se completamente. No prazo de um ano, passei dos 85kg para os 67kg. E posso vos garantir apesar de estar mais magra, não estava mais saudável! Continuava com uma mentalidade retrograda acerca do meu corpo, corpo que foi sempre alvo de troças e bocas alheias, na minha mente continuava com os 85kg e nada me ficava bem, porque apesar de mais magra mantinha as minhas curvas. Passou muito tempo até que aprendi a gostar do meu corpo, provavelmente a primeira vez em anos. Já gostava de me arranjar melhor, imaginem que até comecei a usar saias, saltos e até pintar o cabelo, algo imaginável para alguém que só queria passar despercebida com umas jeans e uma tshirt.

 

Ainda ontem, o meu noivo ,ao abraçar me, disse me que estava mais magra e eu passei todo o dia a olhar me nos espelhos das lojas para ver se ele tinha razão, sempre com um sorriso . Mas querem saber o mais engraçado? É que hoje. pesei me...e estava mais pesada. 

 

É que eu tenho os ossos largos e o meu noivinho tem sempre razão, por isso que se dane a balança! :)

 


Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43


Follow on Bloglovin


Para qualquer informação, sugestão ou opinião, por favor envie um email para: mymessypurse@hotmail.com


Follow on Bloglovin

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728