Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Caril de frango e Eu

por Lulu, em 24.02.14

Lá em casa da minha rica mãezinha, havia um costume básico que provavelmente existe em muitos lares, o que a minha mãe não gostava ninguém provava!

Vejam lá, que a primeira vez que provei frango com caril, foi a cerca de 10 dias atrás.

Sim, já entrei num restaurante e já provei comida indiana ainda na altura do namorico com o meu esposo.

Lembro me de ter sentido aquele cheiro intenso digno de um verdadeiro restaurante que aplica mil e uma especiarias em cada prato.

O caril no ar e eu desejosa de provar mas também temerosa de não gostar, porque afinal de contas a minha rica mãezinha que imenso bom gosto e mão  de fada para doces detestou tal prato, vacilei e não pedi caril de frango nem caril com coisa alguma.

No fim do mês de Janeiro, tive a brilhante ideia de cheirotar a secção de ervas aromáticas e especiarias do supermercado , e num lance de coragem impensada trouxe um frasco de caril.

Posso vos dizer que durante uns dias metia caril em tudo á espera de ter memorias olfactivas.

Sorte minha e do meu marido, que até ao dia de hoje ainda não se queixou dos meus cozinhados, até gosto de descobrir receitas novas nesta caixinha magica chamada internet.

Ah sim, não é só os facebookes e caixas do correio, existem mais de quinhentos mundos prontos a serem descobertos ao abrir de uma nova janela.

Pesquisei arduamente ainda que sorrateira, porque supostamente era uma surpresa romântica para o companheiro, tantas receitas e houve algo que se revelou a mim: Caril de frango é tão simples de se fazer!

A maioria dos ingredientes até tinha em casa, ora o meu destino só podia passar por cozinhar caril!

Pois tive uma experiencia com o caril e gostei. Gostei imenso.

Afinal a minha rica mãe não tinha razão em banir o caril de frango ,lá em casa.

 

Vossas excelências, já devem ter provado, cozinhado até já fazem caril de olhos vendados, mas vou colocar a receita que me segui com algumas alterações feitas a meu gosto, nem que seja para a posterioridade! 

 

Receita para duas pessoas, que foi a medida que fiz:

 

3  tomates maduros;

1 embalagem de cerca de 500gr de peito de frango;

4 colheres chá caril;

1/2 dentes de alho picadinhos;

1 cebola picada; 

1 pacote de natas;

 

Primeiro preparei o peito de frango cortando ás tiras finas, se preferirem podem já comprar o frango preparado.

Geralmente no Lidl vendem embalagens com o peito de frango já cortado.

De seguida tirei a pele aos tomates e cortei em pedaços pequenos.

Refoguei a cebola e o alho até alourar, como é costume, e depois juntei o tomate.

Deixa se o tomate cozinhar um pouco até quase desfazer.

Em seguida junta se as tirinhas de frango, por serem pedaços finos e pequenos cozem num instante.

Quando o frango estiver cozinhado, juntam o caril e seguidamente as natas e deixam apurar.

Podem rectificar os temperos e se quiserem colocar mais caril! Isso é ao gosto do freguês.

 

Na receita, utilizaram coxas de frango, pessoalmente gosto mais de utilizar o peito de frango cortado mas ,lá está, depende do que queiram fazer!

A autora também passou com a varinha magica o molho, mas não senti necessidade de o fazer porque o tomate desfez se e ficou um belo caril!

 

 

Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:51

Equilíbrio, onde andas?

por Lulu, em 15.11.13

 

Já falei brevemente dos meus problemas com o peso mas e quando situações simples e pontuais de controlo de peso passam a doença?

 

Hoje no programa ''Dr. Phil'' falava se de anorexia e bulimia.

Um dos casos relatados era sobre uma jovem com os seus 18/19 anos, pelo o que entendi, que pesava apenas 36kg e a sua altura era de 1,69 cm.

Uma coisa que me chocou é que algum tempo antes deste estado de decadência a jovem media cerca 1,73 cm, ou seja, com o decorrer da doença até diminuiu alguns centímetros.

E para não bastar a doença de anorexia e bulimia tinha a agravante que a mãe via se obrigada a comprar marijuana e bebidas alcoólicas para a filha, que segundo sei e corrijam me se estiver enganada, nos EUA a idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas é de 21 anos.

A jovem tinha tremores frequentes, sentia se fraca e sem apetite e com a ''ajuda'' da marijuana lá conseguia empurrar qualquer coisa para dentro do organismo, já a cerveja servia para saciar a sensação de fome que sentia frequentemente.

Contava calorias em diários alimentares, ingerindo cerca de 150/200 calorias por dias, que por vezes acabava por vomitar.

Ela confessou que inúmeras vezes guardava os sacos do lixo, cheios do seu próprio vomito, por baixo da cama por semanas.

 

      Eu pergunto me se isto tem dignidade, tem alguma beleza ou até mesmo é motivo de orgulho.

Pasmada fiquei eu, quando o Dr. Phil, afirmou que existe sites pró-anorexia.

Isso mesmo, sites que promovem, bem dizem, vangloriam comportamentos anoréxicos.

Ao que parece a doença da anorexia é motivo para algumas pessoas maldosas, adjectivo dado por uma convida que já sofrera de anorexia, fundarem um ''clube'' com direito a ''mandamentos''

E concordo, ninguém que sofre de uma doença gosta de a promover e que outra pessoa, próxima ou não, sofra do mesmo.

 

     Vejamos, a vida não pode ser de extremos, tem que haver um equilíbrio emocional, físico e comportamental.

Não sou defensora da anorexia, bulimia nem tão pouco da obesidade porem temos que olha para dentro de nós e estabelecer limites equilibrados para aquilo que faremos da nossa vida.

De nada adianta passar fome só para ter um corpo ''bonito'' que nos é imposto devido á opressão dos média tal como não é saudável comer tudo o que nos aparece á frente ao ponto de prejudicar a nossa saúde só para não ter que sacrificar a nossa boca.

 

 

Nem tudo é uma questão de estética...

 



Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:27

Orçamentos e decisões

por Lulu, em 30.10.13

Não fugi, não me arrependi, simplesmente tenho andado de fugida para um lado e para o outro, para cima e para baixo, a fazer ora o pino ora a roda, para ter tudo pronto até o mês que vem!

Sim, o casamento já está aí a portinha e devo confessar que algumas borboletas já pousaram na minha barriguinha.

 

Ora, com o aproximar do dia, andei a ver da cabeleireira e esteticista!

 

1ª Orçamento: Penteado 60€ + Esteticista e Make up 110€= 170€! 

Surpreendidas?! Pois, eu a pensar que pessoas conhecidas fariam preços amigos...Tanta inocência.

 

 

 

2ª Orçamento: Esteticista e Make up = 44€

De facto a medida que fui procurando, começou a baixar.

 

 

3ª Orçamento: Penteado e Coloração 44,90€ + Esteticista, Hidratação, Massagem e Make Up 34€ = 75€



Resumindo, entre o primeiro e o terceiro orçamento vou poupar cerca de 95€ e ainda terei mais ofertas.

Nunca devemos ir pelo o primeiro preço e devemos sempre procurar muito!!! :)


 


Viva á forretice!!! 


Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:45

Ossos largos VS Balança

por Lulu, em 30.08.13

Desde cedo lutei contra os estigmas , os estereótipos , e até mesmo ás humilhações exercidas por pessoas frustradas, devido ao meu peso!

Posso dizer que geralmente não me importava de ser mais ''gordinha'' a não ser na altura de escolher as roupas da moda! Naquela altura, as jeans quanto mais descaídas melhor, as blusas justinhas estavam''in'' e formas que de nada favoreciam as meninas com curvas, eram um must.

Fazer compras no grupo ''inditex'' era impossível para mim, e sempre que precisava de umas calças via os números a subir em flecha ,o que acabou por gerar em mim uma imagem distorcida de mim. Se estava gordinha, sim tinha alguns quilinhos a mais, mas o processo de emagrecer ou a vontade em querer ser mais ''saudável'' deve ser tomada por autonomia própria e nunca por imposição social.

Com adolescência passada e ao entrar para a fase adulta e o stress do trabalho, o meu corpo transformou se completamente. No prazo de um ano, passei dos 85kg para os 67kg. E posso vos garantir apesar de estar mais magra, não estava mais saudável! Continuava com uma mentalidade retrograda acerca do meu corpo, corpo que foi sempre alvo de troças e bocas alheias, na minha mente continuava com os 85kg e nada me ficava bem, porque apesar de mais magra mantinha as minhas curvas. Passou muito tempo até que aprendi a gostar do meu corpo, provavelmente a primeira vez em anos. Já gostava de me arranjar melhor, imaginem que até comecei a usar saias, saltos e até pintar o cabelo, algo imaginável para alguém que só queria passar despercebida com umas jeans e uma tshirt.

 

Ainda ontem, o meu noivo ,ao abraçar me, disse me que estava mais magra e eu passei todo o dia a olhar me nos espelhos das lojas para ver se ele tinha razão, sempre com um sorriso . Mas querem saber o mais engraçado? É que hoje. pesei me...e estava mais pesada. 

 

É que eu tenho os ossos largos e o meu noivinho tem sempre razão, por isso que se dane a balança! :)

 


Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43

Os sapatos para ''O'' dia!

por Lulu, em 09.08.13

Depois do vestido escolhido, vem a minha verdadeira dor de cabeça! Sim, porque para mim escolher um vestido de noiva foi fácil, tinha alguns requisitos e filtros , portanto foi tiro e queda quando experimentei o vestido! Não chorei, mas sei que é o vestido é o perfeito para mim, de inspiração grega, com alças finas mas elegantes ,drapeados no peito, uma faixa na cintura com umas pequenas flores e um corte perfeito para disfarçar as ancas...e dentro do orçamento, digo vos com orgulho que o vestido nem chega a 200€, até porque sou uma pessoa pratica que não gosta de gastar tanto dinheiro num só dia (dinheiro que não tenho).

 

Como vos estava a escrever, a minha real dor de cabeça são os sapatos...Devido a joanetes, problemas nos joelhos e falta de pratica, não consigo andar com saltos altos mais de 7cm..

Sob o risco de tropeçar, cair e desmanchar no chão, vou optar por não fazer a minha estreia no casamento porem até fazia jeito, já que o meu noivo mede por volta dos 1,90cm e eu apenas tenho 1,65 (simpática a diferença, não é?) 

Era pessoa para usar sabrinas no meu dia de casamento, mas imaginem me, em cima do altar colocar me em pontas, coisa a que já estou habituada e se tornou costume durante 3 anos, esticando o meu pescoço, o meu noivo com uma corcunda enorme...acho que não se tornaria numa bela imagem para ter em frente de tanta gente...

Depois existe a questão de ser em Novembro, ou seja, não pode ser propriamente umas sandálias, ou uns saltos todos descapotáveis, sou uma mulher muito friorenta nos pés, ainda apanharia uma constipação no meu casamento ou uma gripe...pior ainda, ficar toda fanhosa nas fotografias, visão agradável...

 

E claro, orçamento, não vou comprar algo muito caro e somente para aquele dia, vou escolher um modelo básico e que consiga utilizar com outros looks e noutras ocasiões! Sou muito poupadinha e forreta, podem dizer!

 

 

  Que acham dos modelos? Demasiado básicos ou perfeitos? Posso dizer que são ambos menos de 30€ :)

 

 

Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:40

Geek(ness)!

por Lulu, em 02.08.13

Sou uma croma, admito!

 

Não sei se se lembram das ''Navegantes da Lua'', aqueles desenhos animados japoneses em que elas davam umas piruetas e venciam os maus, em que todas as meninas desejavam ser a personagem principal por causa dos seus cabelos loiros (no meu caso eu gostava mais daquela espertinha e armada em inteligente, há de se lá saber a razão)! Ou então do ''Dragon Ball'' e do rapazito chamado Son Goku, que apesar de pequenino tinha uma genica incrível!

 

Passei a infância, pré- adolescência, adolescência (correndo o risco de ser gozada e difamada) e agora estou na minha fase adulta e continuo a gostar de desenhos animados! Corrijo me, não são bem desenhos animados, chama se Anime e Mangá (versão banda desenhada em papel).

E com esse todo amor a animação, comecei também a desenvolver o meu gosto pelo a arte e desenho em geral. 

Comecei com 9 anos e agora com 21 anos ainda tenho muito aprender e a desenvolver...

Como diz o ditado, vivendo e aprendendo!

 

Podem ver alguns dos meus esboços, não são nada demais, é só para a diversão. 

Aprendi sozinha e não gosto de copiar outros artistas, portanto são da minha autoria por completo!

 

Entretanto desculpem a má qualidade mas o scanner não é dos melhores :)

 

   

 

E como um geek não consegue viver sem o seu parceiro geek, aqui está um desenho feito pelo o meu noivo!

 Ele é um artista :))!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:51

Não, não fui raptada por extraterrestres!

 

Tenho andado ausente por uma óptima razão; ando a organizar o meu casamento!

Tenho preenchido os meus tempos livres a procura de locais, vestido, materiais para os convites, lembranças e ainda me falta tanta coisa.

Para ser sincera nem sequer tenho tema, mas pelo o que vi pelos os fóruns especialistas da matéria não é necessário ter um tema, é algo opcional, portanto acho que vou optar antes por uma paleta de cores para fazer combinar e fazer funcionar todo o casório!

 

Ando a espera do orçamento do espaço para saber as opções de atoalhados e a partir dai trabalhar com o que tenho, se bem que, ando muito inclinada para o vermelho.

 

E porque vermelho, perguntam se ou deviriam perguntar se ao menos:

 

1º Vermelho é uma das minhas cores favoritas e do noivo tambem!

2º Vermelho é a cor da parte de dentro do bolo! O meu noivinho gostou muito de um bolo chamado ''Red Velvet''

3º Vermelho e branco são as cores das lembranças que achei hoje numa loja, e logo no momento amei.

4º Vermelho porque é uma cor quente e vai contrastar com o frio dos finais de Novembro!

 

Mas agora pergunto vos, só vermelho e branco? Ou ficari bem uma terceira cor? É muito visto? 

 

 

Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)





 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:15

Um pequeno sonho

por Lulu, em 16.07.13

    Eu tenho um sonho simples, muito simples , contudo não tem sido facil de o concretizar, casar.

Este sonho é recente, digo vos , nunca fui daquelas meninas brincassem com os vestidos e os saltos altos da mãe, até porque a minha mãe não usa nada dessas coisas, não sonhava em formar familia nem tão pouco casar, brincando sempre com a situação dizendo que só casaria aos 40 anos. Agora dou por mim com , quase, 22 anos e parece me uma eternidade o facto de esperar. Não tenho o relogio biologico a dar horas, não me julguem encalhada ou desperada nem tão pouco grávida mas ando desejosa de poder ter o meu cantinho e poder fazer feliz a pessoa que amo.

   Ando com ideias maravilhosas e fofinhas mas falta o mais essencial $$ ou então €€!

 

Portanto , até deixo aqui a deixa, se souberem de restaurantes (baratos), lojas com vestidos (tambem baratinhos), ideias e esses pequenos detalhes, tudo na margem sul ou zona de lisboa, apitem!

 

 

 

 

 

Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:07

Eu tenho um dilema horrível!

Não sei se passam ou passaram por algo parecido, mas aqui vai...Como qualquer outra mulher , eu gosto de ir ás compras e geralmente acompanhada por alguém que tenha muita paciência porque na maioria das vezes vagueio simplesmente por entre prateleiras e manequins, admirando montras e olhando com atenção as cabeleiras das modelos de plástico, porem o meu problema vem depois na hora de experimentar roupa! Como tenho um corpo muito diferente da maioria das meninas, tenho que ver como me caem as peças e se adequam aquilo que quero e preciso, e deixem me que diga que não há ''amigo'' mais sincero que o espelho, contudo os provadores muita das vezes deixam (muito ) a desejar!

 

Já passei por provadores mistos, ou seja, meninos, meninas, adolescentes, mulheres e mulherões, gaiatas com gaiatos, homens de barba rija e senhores de alguma idade que provavelmente estariam a passar por uma crise qualquer de meia idade e ao fundo as meninas operadoras de loja, sempre lindas e maravilhosas, suspiram e bufam baixinho para não se ouvir. Provadores com excesso de luz que provoca um calor extremo, capaz de testar a roupa fresca e ao ponto de testar também o meu desodorizante. ''Portas'' ou cortinas, como queiram chamar, a uma altura demasiado reveladora, acreditem que se tivesse menos uns centímetros já tinham visto mais do que aquilo que exponho na praia tornando super desconfortável e pouco privativa toda aquela experiencia...Já deixei de comprar em lojas devido ao provadores...

Deixem me que vos diga que, quando se fazem compras com os nossos homens, eles também tem algo a dizer os provadores e lojas...todas aquelas que tem um espaço para a nossa companhia masculina se sentar , são pontos de referencia para os pobres coitados.

 

Uma loja com provadores aceitaveis, é a Zara (pelo o menos as da minha zona). Ar condicionado geralmente fresco, luz média a fraca, cortinas escuras e compridas e um banco para o meu amado se sentar e relaxar enquanto eu me espremo para caber nas roupas...

 

Tem esse tipo de  problemas ou levam as coisas sem experimentar? 

 



Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58

As crónicas da Carochinha: Beleza

por Lulu, em 08.07.13

A minha avó sempre me ensinou: ''Nunca digas que dessa agua não beberei''.

Ora e eu que não gostava nada de coisas femininas e de me arranjar, apanhei uma doença que até hoje ainda não se descobriu a cura, apanhei com a vaidade. Nada de muito problemático porem, para alguém que nunca tinha apanhado disso, acabei por usufruir de uma grande mudança.

 

 

Posso vos dizer que a vaidade começa na parte interior (ou pelo o menos devia). Ora não estou a falar da vaidade extrema que provem muitas das vezes do egocentrismo e que serve para alimentar o ego enorme que se regozija quando alguém se sai com um elogio. Falo da vaidade, ou preocupação, que nos permite cuidar de nós mesmas, a preocupação em quer dar o melhor de nós exteriormente para condizer com o nosso maravilhoso intimo e as nossas boas acções .

 

Dificil? Nem por isso. Sei de muitas senhoras com uma beleza natural para alem do normal, vestem se sempre perfeitamente bem e no seu andar carregam todo um importante titulo de beldade porem suas acções demonstram daquilo que o coração está cheio. Já vi muita bonita mulher a denegrir com as suas palavras (escritas e faladas) outra mulher (ou a si mesma) e deixem me dizer que isso deixa me tão triste. Por acaso não somos todas diferentes? Nem todas gostamos de azul nem anchovas ou saltos altos, mas não é por isso que deixamos de ser especiais a nossa maneira. Não concordam com alguma coisa? Ora pois bem, utilizem as criticas inteligentes e não a violencia das palavras, porque aquilo que dizemos o vento leva , nunca devolve e quantas vezes vem com um retorno muito pior.

 

 

 

 

Resumo: A beleza exterior é importante quando combina com a nossa beleza interior .

 

 

Deixem as vossas ideias, opiniões e criticas nos comentários!

 

:)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30


Follow on Bloglovin


Para qualquer informação, sugestão ou opinião, por favor envie um email para: mymessypurse@hotmail.com


Follow on Bloglovin

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728